Alianca San Martin (ex-Cândido Rondon) - Portal do Porto

Translate

Alianca San Martin (ex-Cândido Rondon)

O Alianca San Martin, foi um navio porta-contêiner afretado ao armador brasileiro Aliança Navegação e Logística, sediado em São Paulo/SP.

Cala Pancaldo
Lançamento do Cala Pancaldo em 23/03/2007. Foto: Przemek - Shipspotting.com

Construído em 2007 pelo estaleiro Stocznia Szczecińska Nowa em Estetino (Polônia), originalmente como Cala Pancaldo, é o primeiro de uma série de dois navios da classe B178 encomendado pelo armador italiano Costa Container Lines (CCL) em 01/08/2003, cuja entrega ocorreu em 27/07/2007 sob bandeira da Itália, porto de registro Gênova e prefixo ICBY. O segundo navio da classe, o Cala Pigafetta foi entregue em 24/07/2008.


Navios da classe com os nomes originais

IMO

Nome original de construção

Construção

Casco nº

Motor principal

9301988

CALA PANCALDO

07/2007

B178/III/01

7K80MC-C

9301990

CALA PIGAFETTA

07/2008

B178/III/02

7K80MC-C


Cala Pancaldo
Como Cala Pancaldo em 2008. Foto: Silvio Roberto Smera - www.pbase.com/smera

Em março/2009, foi afretado ao armador suíço Mediterranean Shipping Company (MSC) e renomeado MSC Cameroun.

Em junho/2009, passa a arvorar a bandeira de Malta, porto de registro Valeta e prefixo 9HA2045.

MSC Cameroun
Como MSC Cameroun. Foto: Stan Muller - Shipspotting.com

Em outubro/2009, foi vendido ao armador alemão Zeppenfeld por US$ 24,5 milhões.

Em dezembro/2009, passa a arvorar provisoriamente a bandeira da Alemanha, porto de registro Hamburgo e depois passa a arvorar a bandeira da Libéria, porto de registro Monróvia e prefixo A8UG5.

Em fevereiro/2010, foi renomeado Artus.

Artus
Como Artus. Foto: Ken Smith - Shipspotting.com

Em junho/2010, foi afretado ao armador francês CMA CGM e renomeado CMA CGM Telopea.

CMA CGM Telopea
CMA CGM Telopea com chaminé da Zeppenfeld. Foto: Hannes van Rijn - Shipspotting.com

Em novembro/2010, foi vendido ao armador grego Eurobulk por US$ 37,5 milhões.

CMA CGM Telopea
CMA CGM Telopea com identidade visual da Eurobulk. Foto: Ria Maat - Shipspotting.com

Em julho/2012, foi renomeado Em Psara.

Em Psara
Como Em Psara em 2013. Foto: Aleksi Lindström - Shipspotting.com

Em 24/01/2014, atracou no Porto de Santos/SP no terminal 37, para afretamento ao armador brasileiro Aliança Navegação e Logística, sediado em São Paulo/SP subsidiária do armador alemão Hamburg Süd e renomeado Alianca San Martin.

O Alianca San Martin passa a atuar pelo serviço Mercosul que liga os Portos de Santos/SP, Paranaguá/PR, Buenos Aires (Argentina), Zárate (Argentina), Montevidéu (Uruguai), Rio Grande/RS, Imbituba/SC e Itapoá/SC.

Em 27/01/2014, fez sua estreia fazendo a mudança para o TECON 3 operado pela Santos Brasil.

Em novembro/2014, passa a atuar pelo serviço CONOSUR, substituindo o Cap Roca que foi vendido para o desmanche.

Alianca San Martin
Como Alianca San Martin em 2014. Foto: Henrique Ferrinho

Em 13/04/2015, fundeia na Baía de Guanabara/RJ para ser incluído na cabotagem brasileira no serviço ALCT4, que liga os Portos de Santos/SP e Vitória/ES, substituindo o Aliança Europa, que foi vendido à MSC e renomeado MSC Jenny.

Em maio/2015, foi renomeado Cândido Rondon, passando a arvorar a bandeira brasileira, porto de registro Rio de Janeiro e prefixo PPRZ.

Cândido Rondon
Cândido Rondon (ex-Alianca San Martin) recém renomeado na Baía de Guanabara/RJ. Foto: Edson de Lima Lucas - Shipspotting.com

Em 16/05/2015, fez sua estreia na cabotagem brasileira, escalando o Porto de Vitória/ES atracando no berço 204 operado pelo TVV.

Em 18/05/2015, fez sua primeira escala sob bandeira brasileira, atracando na Empraport-2.

Cândido Rondon
Cândido Rondon no Porto de Santos/SP. Foto: Rafael Ferreira Viva - IHS Global Limited

Em 20/05/2015, fez sua primeira escala sob bandeira brasileira, no Porto de Suape/PE atracando no berço 03 da TECON Suape.

Em 22/07/2015, fez sua primeira escala sob bandeira brasileira, o Porto de Pecém/CE, sendo incluído na rota do serviço ALTC4.

Depois teve o aumento do caractere na proa para melhor identificação visual do nome do navio.

Cândido Rondon
Aumento do caractere do nome do navio na proa. Foto: Henrique Ferrinho 

Em 04/05/2016, fez sua primeira escala sob bandeira brasileira, o Porto de Salvador/BA.

Em 14/05/2016, fez sua primeira escala sob bandeira brasileira, o Porto de Itaguaí/RJ, atracando no berço 302 da Sepetiba Tecon.

Em 28/05/2016, fez sua primeira escala sob bandeira brasileira, o Porto de Itapoá/SC, atracando no berço 01.

Em agosto/2016, deixa de atuar na cabotagem brasileira, sendo renomeado novamente Alianca San Martin.

Cândido Rondon
Cândido Rondon no Porto de Santos/SP, sem a chaminé da Aliança. Foto: Marcelo Lopes - Santos Shiplovers

O Alianca San Martin passa a atuar pelo serviço ALCT3 ligando os Portos de Santos/SP, Buenos Aires (Argentina), Zárate (Argentina), Rio Grande/RS e Itapoá/SC. Ficou operado pelo serviço até abril/2017.

Alianca San Martin
Como Alianca San Martin em 2016. Foto: Henrique Ferrinho

Em 27/04/2017, atracou no Porto de Santos/SP no Cais do Valongo sendo devolvido à Eurobulk e renomeado Em Psara.

Entre os dias 29/04 e 19/07/2017, ficou fundeado na barra de Santos em laid-up.

Em 19/07/2017 atracou no BTP-3 operado pelo Brasil Terminal Portuário. Suspendeu no dia seguinte com destino ao Porto de Algeciras (Espanha).

Em Psara
Como Em Psara em 2017. Foto: Henrique Ferrinho

Em agosto/2017, foi vendido ao armador alemão Peter Döhle sediado em Hamburgo (Alemanha), sendo renomeado Rita, arvorando provisoriamente a bandeira da Alemanha, porto de registro Hamburgo e posteriormente a bandeira da Ilha da Madeira (Portugal), porto de registro Madeira e prefixo CQIS4.

Em novembro/2017, foi afretado ao armador brasileiro Log-In Logística Intermodal, sediado no Rio de Janeiro/RJ, para atuar no Serviço Atlântico Sul (SAS).

Rita
Como Rita em 2017. Foto: Roberto Smera - Santos Shiplovers

No Brasil, fez sua última escala no Porto de Suape/PE em 30/09/2019, atracando no berço 02 da TECON Suape.

Em abril/2019, passou para afretamento ao armador francês CMA CGM.


Datas

Encomenda: 01 de agosto de 2003
Início da construção: 02 de agosto de 2006
Batimento de quilha: 09 de novembro de 2006
Lançamento: 23 de março de 2007
Incorporação: 26 de julho de 2007


Dados do navio sob bandeira brasileira

  • Nome: Cândido Rondon
  • IMO: 9301988
  • Indicativo: PPRZ
  • Ano de Construção: 2007
  • Construtor: Stocznia Szczecińska Nowa Sp. z o.o. – Estetino, Polônia
  • Armador: Eurobulk Ltd. – Atenas, Grécia (Euroseas Ltd. – Majuro, Ilhas Marshall)
  • Afretador: Aliança Navegação e Logística Ltda. – São Paulo, SP – Brasil (Hamburg Südamerikanische Dampfschifffahrts-Gesellschaft KG – Hamburgo, Alemanha)
  • LOA: 207,30 m
  • Boca: 32,27 m
  • Calado: 12,15 m
  • Arqueação Bruta (GT): 32.903 t
  • Porte Bruto (DWT): 37.213 t
  • Capacidade: 2.785 TEU
  • Tomadas Reefer: 432
  • Porto de Registro: Rio de Janeiro
  • Bandeira: Brasil 
  • Antigos Nomes: Cala Pancaldo (03/2009); MSC Cameroun (02/2010); Artus (06/2010); CMA CGM Telopea (07/2012); EM Psara (01/2014); Alianca San Martin (05/2015) e Em Psara (08/2017)
  • Nome atual: Rita


Referências

IHS Global Limited. RITA. Disponível em: <https://maritime.ihs.com/Ships/Details/Index/9301988>. Acesso em: 14 de outubro de 2021.

Nenhum comentário:

Postar um comentário