Angra (ex-Frotabelém, Log-In Belém e Angra Star) - Portal do Porto

Translate

Angra (ex-Frotabelém, Log-In Belém e Angra Star)

O Frotabelém foi um navio multipropósito que foi encomendado pelo armador brasileiro Frota Oceânica e Amazônica (FOASA), sediado em Belém/PA em 01/02/1990.

Construído em 1994 pelo estaleiro brasileiro EMAQ-Verolme Estaleiros S.A. (Est. EMAQ) - Rio de Janeiro, é o primeiro de uma série de quatro navios da FOASA, sendo lançado ao mar em 25/03/1993 sob bandeira brasileira, porto de registro Belém e prefixo PQAE.

Lançamento do Frotabelém na EMAQ no Rio de Janeiro/RJ.


Destes quatro, somente três foram entregues: o Frotabelém, o Frotamanaus e o Frotamacau. O Frotasantarém teve 90% concluído e encontra-se inacabado e abandonado no estaleiro EISA até hoje.

O primeiro padrão do Frotabelém pela FOASA, era o de cor cinza.

Frotabelém
Primeiro padrão do navio Frotabelém. Foto: Jukka Houtari - IHS Global Limited

Em junho/2003, foi afretado ao armador brasileiro Vale do Rio Doce Navegação S/A (DOCENAVE), sediado no Rio de Janeiro/RJ.

Durante o fretamento, teve algumas mudanças visuais, entre as características principais, o casco do navio de cor preta, chaminé da DOCENAVE, detalhes da superestrutura, piso e tampões do convés em marrom e as lanças do guindastes em branco.

Frotabelém
Frotabelém com a identidade visual da DOCENAVE. Foto: Roberto Smera - pbase.com/smera

Em 21/06/2007, a DOCENAVE passou a ser uma empresa independente da Vale, e passou a se chamar Log-In Logística Intermodal S/A.

Em agosto/2009, com a mudança estrutural da empresa, foi renomeado Log-In Belém.

Após a incorporação da frota à Log-In, teve mudança no visual com o casco azul, chaminé da Log-In, guindastes de cor branca e a base em vinho.

Log-In Belém
Como Log-In Belém, fundeado na Baía de Guanabara no Rio de Janeiro/RJ. Foto: Victor Cadelina Junior - Shipspotting.com


Em 2010, passou a ter o porto de registro Rio de Janeiro, mantendo a bandeira brasileira.

Em dezembro/2010, foi renomeado Angra Star, após joint venture entre a Log-In e a TBS International, originando a LOG STAR Navegação S/A, sediado no Rio de Janeiro/RJ.

Log-In Belém e Recife Star
Log-In Belém fundeado na Baía de Guanabara e ao fundo o Recife Star (ex-Frotamacau e Log-In Macau) em processo de mudança de nome e incorporação à LOG STAR. Foto: Edson de Lima Lucas - Shipspotting.com

Fez sua primeira escala como Angra Star no Porto de Santos em 13/02/2011 para embarque de produtos siderúrgicos no terminal da Usiminas.

Angra Star
Como Angra Star no Porto de Santos em 2011. Foto: Silvio Roberto Smera - pbase.com/smera


O Angra Star navegou por pouco tempo pela LOG STAR, o alto investimento da empresa não teve o retorno esperado, o que deixou as condições técnicas dos navios precárias e a cessação das atividades da empresa.

Todos os navios da frota, incluindo o Angra Star, foram devolvidos à FOASA e ficaram em laid up, aguardando seu destino.

Angra Star
Navio Angra Star em laid up na Baía de Guanabara em 2012. Foto: Edson de Lima Lucas - Shipspotting.com

Em 2013, foi renomeado Angra.

A LOG STAR decretou falência em 02/09/2013, após grave crise econômico-financeira da empresa.

Em 09/09/2013 encalhou na Baía de Guanabara, agravando a situação em 17/09/2013, ficando parcialmente afundado e a praça de máquinas alagada. A operação do desencalhe, foi concluída dez dias depois.

O navio estava, desde fevereiro, com cerca de um terço do casco submerso, sem tripulação, e teve barris de óleo saqueados e instrumentos de navegação danificados. O furto de peças que mantém a estabilidade da embarcação causaram o afundamento parcial. No dia 9 de setembro, a empresa avisou a Capitania dos Portos que o navio corria risco de naufragar.


Angra
Navio Angra parcialmente afundado na Baía de Guanabara em 2013. Foto: Edson de Lima Lucas - Shipspotting.com

Após o sinistro, o navio foi dado perda total.

Angra
Navio Angra abandonado na Baía de Guanabara em 2015. Foto: Edson de Lima Lucas - Shipspotting.com



Datas

Encomenda: 01 de fevereiro de 1990
Batimento de quilha: 21 de outubro de 1992
Lançamento: 25 de maio de 1993
Incorporação: 20 de maio de 1994


Dados do navio


  • Nome: Angra
  • IMO: 9051026
  • Indicativo: PQAE
  • Inscrição: 210251352
  • Ano de Construção: 1994
  • Construtor: EMAQ-Verolme Estaleiros S.A. (Estaleiro EMAQ) – Rio de Janeiro, RJ – Brasil
  • Casco nº: 410
  • Armador: Frota Oceânica e Amazônica (FOASA)  Belém/PA – Brasil
  • LOA: 133,45 m
  • Boca: 22,81 m
  • Calado: 8,06 m
  • Arqueação Bruta (GT): 8.801 t
  • Porte Bruto (DWT): 11.274 t
  • Capacidade: 666 TEU; 14.575 m³ (Grão) ou 13.365 m³ (Fardo)
  • Tomadas Reefer: 80
  • Porto de Registro: Rio de Janeiro
  • Bandeira: Brasil
  • Antigos Nomes: Frotabelém (08/2009); Log-In Belém (12/2010) e Angra Star (?)


Navios da classe com os nomes originais


IMO

Nome original de construção

Construção

Casco nº

Motor principal

9051026

FROTABELÉM

05/1994

410

5S50MC

9051038

FROTAMANAUS

11/1994

411

5S50MC

9082843

FROTAMACAU

06/1998

415

5S50MC

9082831

FROTASANTARÉM

02/2014

416

5S50MC



Referências


IHS Global Limited. ANGRA STAR. Disponível em: <https://maritime.ihs.com/Ships/Details/Index/9051026>. Acesso em: 04 de abril de 2021.

Nenhum comentário:

Postar um comentário