Translate

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Navio com soja dos EUA muda destino em meio a guerra comercial

Um navio graneleiro carregando soja que iria dos Estados Unidos à China mudou seu destino para a Coreia do Sul hoje (02/11/2018), mostraram dados de navegação, em meio à guerra comercial que tem impactado envios da commodity norte-americana para o maior importador mundial da oleaginosa.

O Star Laura, carregado com 36 mil toneladas de soja norte-americana, suspendeu do Porto de Seattle em 09/10/2018 e deveria chegar no Porto de Qingdao (China) ontem (01/11/2018), de acordo com dados do Refinitiv Eikon.

O navio graneleiro Star Laura teve seu destino alterado 

O Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) disse em meados de outubro que a carga era de 69.298 toneladas.

A embarcação mudou seu destino para Yeosu (Coreia do Sul), na manhã de hoje (02/11/2018).

O Star Laura foi um dos poucos graneleiros que saíram dos EUA com destino à China nos últimos meses, conforme os compradores praticamente zeraram as aquisições da oferta norte-americana por receios de que Pequim imporia mais restrições às importações.

A soja norte-americana exportada para a China está sujeita a tarifas extras de 25 por cento desde 6 de julho, quando Pequim retaliou em reposta às taxas impostas pelos EUA sobre produtos chineses.

Ao menos outros dois navios com soja dos EUA para a China mudaram de curso no mês passado, sugerindo que o comprador original revendeu a carga para outros mercados. Outros dois navios chegaram à China recentemente, mas aparentemente não descarregaram, segundo os dados de navegação.


Foto: Vitaliy Kharchenko - Shipspotting.com
Fonte: Reuters
Adaptação de texto: Henrique Ferrinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário