Portal do Porto: Dersa

Translate

Mostrando postagens com marcador Dersa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Dersa. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 22 de outubro de 2019

FB-05 e Divino Mestre

Segue imagens da balsa FB-05 demandando o Porto de Santos em 08/09/2019, acompanhada pelo rebocador Divino Mestre à caminho do atracadouro da Dersa em Guarujá/SP.

A FB-05 opera na travessia de balsas entre Santos e Guarujá.

FB-05 e Divino Mestre

Divino Mestre e FB-05


FB-05 e Divino Mestre

Divino Mestre e FB-05

Divino Mestre

FB-05

FB-05

FB-05

FB-05 e Divino Mestre

FB-05 e Divino Mestre

FB-05 e Divino Mestre

Nome: FB-05
Indicativo: PR4507
Inscrição: 4010119012
Armador: DERSA - Desenvolvimento Rodoviário S/A – São Paulo, SP – Brasil
LOA: 35 m
Boca: 13 m
Arqueação Bruta (GT): 182 t
Capacidade: 28 Veículos
Porto de Registro: Santos
Bandeira: Brasil Bandeira do Brasil

Nome: Divino Mestre
Indicativo: PO2550
Inscrição: 4019966591
Arqueação Bruta (GT): 37 t
Porto de Registro: Santos
Bandeira: Brasil Bandeira do Brasil


Fotos: Henrique Ferrinho

sábado, 26 de janeiro de 2019

FB-Bacharel

Segue imagens da balsa FB-Bacharel em testes de provas de mar no Porto de Santos em 27/12/2018.

Atualmente opera provisoriamente na travessia de balsas entre Santos e Guarujá/SP.

FB-Bacharel

FB-Bacharel

FB-Bacharel

FB-Bacharel

FB-Bacharel

FB-Bacharel

FB-Bacharel

Nome: FB-Bacharel
Armador: DERSA – Desenvolvimento Rodoviário S/A – São Paulo, SP – Brasil
LOA: 19,90 m
Boca: 10,79 m
Calado: 2 m
Arqueação Bruta (GT): 94 t
Capacidade: 12 Veículos
Porto de Registro: Santos
Bandeira: Brasil Bandeira do Brasil


Fotos: Henrique Ferrinho

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

LS-05

Segue imagens da lancha de passageiros LS-05, no Porto de Santos no transporte de passageiros entre Santos e Vicente de Carvalho (Guarujá).

A lancha foi incorporada a frota da DERSA em setembro/2018 em substituição a lancha LS-01, que sofreu incêndio em 2016 dando perda total da embarcação.

LS-05

LS-05

LS-05

LS-05

LS-05

LS-05

LS-05

LS-05

Nome: LS-05
Ano de Construção: 2018
Indicativo: ?
Inscrição: ?
Armador: DERSA - Desenvolvimento Rodoviário S/A – São Paulo, SP - Brasil
LOA: 31,50 m
Boca: 9,50 m
Calado: 2,85 m
Arqueação Bruta (GT): 316 t
Capacidade: 450 Passageiros
Porto de Registro: Santos
Bandeira: Brasil Bandeira do Brasil


Fotos: Henrique Ferrinho

domingo, 11 de maio de 2014

Navio colide com balsa em Santos

IMO 9457115 - Copenhagen

O navio Copenhagen colidiu com a balsa FB-23 operado pela Dersa, quando suspendia de Santos na madrugada de hoje por volta das 02h após atracar no armazém 25.

Balsa FB-23

Segundo informações da Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP), o navio perdeu energia a bordo, ficando desgovernado e consequentemente colidindo com a balsa FB-23 que estava atracada, fora de serviço e sem passageiros a bordo.

Ambas as embarcações sofreram avarias em suas superestruturas. Não houve feridos e poluição hídrica.

O navio abortou a operação e voltou para o armazém 32/33, cuja manobra concluída por volta das 03h. O Copenhagen será submetido a inspeção para verificação de suas condições de navegabilidade. Segundo a assessoria de imprensa da Dersa, a FB-23 continua operando normalmente. Ainda essa semana, a balsa deverá passar por reparos.

O Copenhagen possui 108,18 m de comprimento, 16,60 m de boca e capacidade para transportar até 367 Teus ou 7.500 m³ (Grão). O navio pertence ao armador alemão Sunship Schiffahrtskontor KG – Emden e operado pelo também armador alemão Reederei M. Lauterjung GmbH & Co. KG – Emden.

A CPSP instaurou o competente Inquérito sobre Acidentes e Fatos da Navegação
(IAFN) que terá o prazo de conclusão de até 90 dias e apurará as causas
determinantes do acidente, bem como os possíveis responsáveis.


Fonte: CPSP -Capitania dos Portos de São Paulo
Fotos e adaptação de texto: Henrique Ferrinho – Reprodução

terça-feira, 11 de março de 2014

LS-03 sofre pane durante queda de raio

[gallery type="thumbnails" ids="10999"]

Um raio caiu próximo a lancha Guará (LS-03), que realiza a travessia de passageiros entre Santos e Guarujá (Vicente de Carvalho), durante o temporal da tarde de hoje em Santos, fazendo com que parasse de funcionar.

Segundo a Dersa, o fato ocorreu por volta das 14:40h. O raio caiu na região portuária, afetando a embarcação onde no momento do acidente transportava 42 passageiros. Ninguém ficou ferido.

Logo após a queda do raio, um dos motores da LS-03 parou de funcionar e foi rebocada até o lado de Santos, para o desembarque dos passageiros. Depois, foi levada para o lado de Vicente de Carvalho.

A LS-03 passará por uma averiguação técnica, já que está na garantia. Por enquanto, outras quatro embarcações permanecerão realizando as operações.

A LS-03 entrou em operação em janeiro/2014 e possui capacidade para transportar até 370 passageiros.

 

Foto: Carlos Nogueira

Fonte: A Tribuna On-Line

sábado, 1 de março de 2014

Balsa da Dersa atinge embarcação em manobra em Santos

[gallery type="thumbnails" ids="10649"]

Uma balsa operada pela Dersa atingiu uma embarcação na tarde de ontem 28/02/2014, em Santos. A colisão ocorreu durante uma manobra quando o outro barco atracava no atracadouro ao lado da balsa. Nenhuma das duas embarcações sofreu danos mais graves, ninguém ficou ferido.

Ambas fazem a travessia de passageiros entre Santos e Guarujá.

Segundo informações da Dersa, o motivo do acidente foi a maré alta que acabou dificultando o momento da balsa atracar. O condutor da balsa continuou a manobra e levou a embarcação até o atracadouro logo em seguida.

 

Foto: TV Tribuna – Reprodução

Fonte: G1 Santos

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Barca colide com barco de pesca em Santos

[gallery type="thumbnails" ids="10000"]

Uma barco de pesca afundou, no final da manhã desta sexta-feira, no Canal do Estuário, após chocar-se com barca catamarã Menina da Praia (LS-01) operada pela Dersa, que realiza o transporte de passageiros entre Santos e o distrito de Vicente de Carvalho em Guarujá. Segundo a Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP), uma pessoa ficou ferida e foi levada às pressas ao Pronto Socorro Central de Santos.

O acidente ocorreu no final da manhã, nas proximidades do atracadouro da Praça da República, próximo à Alfândega do Porto de Santos. Peritos da CPSP apuraram que a colisão ocorreu devido à falta de visibilidade da LS-01 com a embarcação Laís III, que estava em sua frente no momento em que saia do cais. O comandante LS-01 alegou não ter visto o pescador.

O barco de pesca imediatamente afundou, fazendo com o que seu único tripulante, Claudiomiro de Moura, se jogasse na água. Ainda de acordo com a CPSP, o homem ficou ferido e foi levado para o hospital por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ainda não há informações sobre seu estado de saúde.

Um Inquérito sobre Acidentes ou Fatos da Navegação foi instaurado pela Marinha. A Laís III permanece naufragada ao lado do atracadouro, mas não interfere no tráfego de embarcações. Da mesma forma, o catamarã, que estava transportando passageiros, não ficou danificado e permanece operando normalmente a travessia entre as margens do Porto.

 

Foto: Henrique Ferrinho - Reprodução

Fonte: A Tribuna On-Line

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Balsa F-28 colide com atracadouro de Santos

A balsa F-28 da concessionária Dersa, responsável pela travessia de balsas entre Santos e Guarujá, colidiu com um dos atracadouros do lado de Santos na manhã de hoje.

imageimage (1)

Segundo a Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP), o acidente ocorreu por volta das 10:30h, quando a balsa saía de Guarujá para Santos. Ao se aproximar do atracadouro do lado de Santos, houve uma pane no motor da embarcação podendo ter sido a causa da colisão no atracadouro.

Segundo a Dersa, ao todo sete veículos foram danificados, sendo cinco carros e duas motos. Três pessoas ficaram levemente feridas. Durante a travessia, alguns dos carros estavam com o freio de mão destravado e, durante o acidente, acabaram indo para cima de outros veículos, causando os prejuízos materiais.

A balsa foi removida para reparos e está interditada pela CPSP. A FB-28, mesmo após concluídos os reparos, só poderá voltar a operar após autorização da CPSP. Isso porque a Dersa terá que apresentar à Marinha uma Carta Explicativa e um Laudo da Certificadora atestando que a balsa está apta a operar.

A Dersa irá se responsabilizar por todas as avarias causadas nos veículos.

 

Fotos: Rogério Soares

Fonte: G1 Santos

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Depois de acidente, lancha Paicara novamente apresenta problemas

Depois da lancha Paicara colidir com a catraia Iracema na noite de ontem, por volta das 7:30h, a mesma apresentou um novo problema. Desta vez, uma nuvem de fumaça tomou conta da embarcação, sendo necessária a evacuação dos passageiros. Ninguém se feriu.

A Dersa, informou oficialmente, por meio da assessoria de comunicação, que "uma fumaça tomou o parque de máquinas" da embarcação e, em seguida, foi para andar dos passageiros, que ficaram assustados. Por segurança, todos foram retirados do Paicara, que permanece parada para manutenção.

A Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP) está apurando as causas desse incidente e enviou uma equipe até o atracadouro das embarcações, em Vicente de Carvalho.

 

http://www.youtube.com/watch?v=VG-QA5Zvi6M

 

Mais sobre o acidente da lancha Paicara, clique aqui.

 

Fonte e Vídeo: A Tribuna On-Line

Adaptação de texto: Henrique Ferrinho

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Catraia vira com 17 passageiros em Santos

Uma catraia, que realiza a travessia de passageiros entre o distrito de Vicente de Carvalho em Guarujá a cidade de Santos, virou no começo da noite de hoje.

Segundo a Guarda Portuária, o acidente ocorreu por volta das 19h, quando a lancha Paicara (foto) da concessionária Dersa, colidiu com a catraia Iracema ambos saindo do distrito de Vicente de Carvalho. A catraia afundou e não prejudica a navegação no canal do Porto de Santos, não ocorrendo também danos ambientais.

[gallery type="thumbnails" ids="1588"]

De acordo com Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar), todos os 17 passageiros que estavam dentro da embarcação, caíram no mar, 15 delas sendo resgatada pelos catraieiros que trabalham do lado da cidade de Guarujá e as outras 2 pelo Corpo de Bombeiros. Uma idosa passou mal por conta do nervoso, e foi encaminhada para o pronto socorro de Vicente de Carvalho. Não houve vítimas fatais.

Por volta das 19h15, inspetores da Capitania estavam no local colhendo depoimentos preliminares do comandante da embarcação da Dersa, e também da catraia. As informações vão servir para a criação do Inquérito Administrativo sobre Acidentes e Fatos da Navegação (IAFN), que tem o prazo de conclusão de 90 dias. O laudo vai apontar os responsáveis pelo acidente e também as causas.

 

Foto e adaptação de texto: Henrique Ferrinho

Fonte: G1 Santos