Portal do Porto: Navio Multipropósito

Translate

Mostrando postagens com marcador Navio Multipropósito. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Navio Multipropósito. Mostrar todas as postagens

sábado, 3 de outubro de 2020

Srakane

Segue imagens do navio multipropósito Srakane, demandando o Porto de Santos em sua primeira escala em 02/10/2020, para atracar no estaleiro da Wilson Sons em Guarujá/SP.

O navio com problemas de máquinas, veio rebocado da barra de São Sebastião até a barra de Santos por rebocadores da Locar.

Depois, passaram a ser auxiliados pelos rebocadores da Starnav (Starnav Crux e Starnav Pegasus) até o estaleiro.

Starnav Crux, Srakane e Starnav Pegasus

Starnav Crux e Srakane

Srakane e Starnav Pegasus

Srakane

Srakane

Srakane

Srakane

Starnav Crux, Srakane e Starnav Pegasus

Srakane

Srakane

Srakane

Starnav Crux e Srakane

Srakane

Srakane

Starnav Crux, Srakane e Starnav Pegasus

Nome: Srakane
IMO: 8509703
Indicativo: 3EPE7
Ano de Construção: 1986
Construtor: '3 Maj' Brodogradilište d.d. – Rijeka, Croácia
Armador: Oceans Wide Ltd. – San Ġwann, Malta
LOA: 99,22 m
Boca: 19,54 m
Calado: 6,16 m
Arqueação Bruta (GT): 4.839 t
Porte Bruto (DWT): 5.896 t
Capacidade: 336 TEU; 8.223 m³ (Grão) ou 7.442 m³ (Fardo)
Porto de Registro: Panamá
Bandeira: Panamá
Antigos Nomes: Srakane (02/2010) e Ane (03/2016)


Navio tinha problemas financeiros e documentais

O Srakane estava fundeado na barra norte de São Sebastião desde 02/06/2020. O armador do navio tinha problemas financeiros e documentais, ocasionando o atraso do pagamento de salários da tripulação, falta dos mantimentos básicos e os demais custos de operação.

Além os problemas causados pela pandemia da COVID-19 no mundo, o Srakane tentou fundear em portos europeus e africanos, sem sucesso.

Depois seguiu com destino ao Brasil, tentando atracar no Porto de Cabedelo/PB e Recife/PE. Em Salvador/BA conseguir abastecer combustível, mas não pôde atracar.

Somente na barra de São Sebastião, que conseguiu ajuda referente a situação precária do navio.

A Federação Internacional de Trabalhadores em Transportes (sigla em inglês, ITF), exigiu o pagamento dos salários da tripulação, com a intervenção das autoridades brasileiras.

A CBA Trading, que precisava afretar um navio, decidiu arcar com todas as despesas do navio, no total de aproximadamente US$ 300 mil (cerca de R$ 1,6 milhão).

Os 16 tripulantes do Srakane sendo a maioria ucranianos, foram repatriados em 25/07 e foram substituídos por tripulantes brasileiros no dia seguinte.

No dia 28/07, representantes da CBA Trading foram a bordo do navio, se deparando com a situação acima.

Ainda, não se sabe oficialmente qual será o destino do navio após os reparos, com todo esse imbróglio.


Fotos: Henrique Ferrinho

sexta-feira, 2 de outubro de 2020

Macaw Arrow

Segue imagens do navio open hatch Macaw Arrow, demandando o Porto de Santos em 25/09/2020 para atracar na Embraport-3 operado pela DP World Santos.

Procedente do Porto de Paranaguá/PR, suspendeu em 28/09/2020 com destino ao Porto de Qingdao/SD (China).

Macaw Arrow

Macaw Arrow

Macaw Arrow

Macaw Arrow

Macaw Arrow

Macaw Arrow

Macaw Arrow

Macaw Arrow

Macaw Arrow

Macaw Arrow

Macaw Arrow

Macaw Arrow

Macaw Arrow

Nome: Macaw Arrow
IMO: 9566617
Indicativo: LAJU8
Ano de Construção: 2013
Construtor: Oshima Shipbuilding Co., Ltd. – Saikai, NS – Japão
Armador: Gearbulk Norway A/S – Bergen, Noruega (G2 Ocean AS – Bergen, Noruega)
LOA: 210 m
Boca: 36,05 m
Calado: 13,77 m
Arqueação Bruta (GT): 44.866 t
Porte Bruto (DWT): 72.400 t
Capacidade: 445 TEU ou 85.000 m³ (Grão)
Porto de Registro: Bergen
Bandeira: Noruega


Fotos: Henrique Ferrinho

terça-feira, 8 de outubro de 2019

Vitoria Bay com nova pintura

Segue imagens do navio multipropósito heavy lift Vitoria Bay, demandando o Porto de Santos em 23/08/2019 para atracar na Cosipa 3 operado pela Usiminas.

Procedente do Porto de Praia Mole/ES, suspendeu em 26/08/2019 com destino ao Porto de Rio Grande/RS.

Desde dezembro/2015, o Vitoria Bay passou a arvorar a bandeira brasileira atuando na cabotagem brasileira pela Norsul.

Recentemente, o navio passou a ser preto, substituindo a antiga pintura azul e também recebeu o logo da Norsul na chaminé.

Veja imagens do navio com pintura antiga e com bandeira liberiana, clicando aqui.

Vitoria Bay

Vitoria Bay

Vitoria Bay

Vitoria Bay

Vitoria Bay

Vitoria Bay

Vitoria Bay

Vitoria Bay

Vitoria Bay

Vitoria Bay

Vitoria Bay

Vitoria Bay

Vitoria Bay

Vitoria Bay

Nome: Vitoria Bay
IMO: 9243825
Indicativo: PS2021
Inscrição: 341E001261
Ano de Construção: 2003
Construtor: B.V. Scheepswerf Damen Hoogezand – Foxhol, Países Baixos
Armador: Companhia de Navegação Norsul – Rio de Janeiro, RJ – Brasil
LOA: 159,99 m
Boca: 23,73 m
Calado: 8,42 m
Arqueação Bruta (GT): 14.357 t
Porte Bruto (DWT): 19.465 t
Capacidade: 1.226 TEU ou 26.836 m³ (Fardo)
Tomadas Reefer: 110
Porto de Registro: Vitória
Bandeira: Brasil Bandeira do Brasil
Antigos Nomes: Innogy Sprite (06/2003); Dina-C (06/2005) e Mark-C (10/2015)


Fotos: Henrique Ferrinho

segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Emu Arrow

Segue imagens do navio open hatch Emu Arrow, demandando o Porto de Santos em 29/07/2019.

Emu Arrow

Emu Arrow

Emu Arrow

Emu Arrow

Emu Arrow

Emu Arrow

Emu Arrow

Emu Arrow

Emu Arrow

Emu Arrow

Emu Arrow

Nome: Emu Arrow
IMO: 9144392
Indicativo: C6OR4
Ano de Construção: 1997
Construtor: Dalian New Shipbuilding Heavy Industries Co., Ltd. – Dalian, LN – China
Armador: Gearbulk Norway A/S – Bergen, Noruega (G2 Ocean AS – Bergen, Noruega e Gearbulk Holding Ltd. – Hamilton, Bermudas)
LOA: 199,70 m
Boca: 32,29 m
Calado: 13,52 m
Arqueação Bruta (GT): 36.008 t
Porte Bruto (DWT): 55.457 t
Capacidade: 1.788 TEU ou 61.337 m³ (Grão ou Fardo)
Porto de Registro: Nassau
Bandeira: Bahamas Bandeira das Bahamas


Fotos: Henrique Ferrinho