Portal do Porto: Kawasaki Kisen Kaisha

Translate

Mostrando postagens com marcador Kawasaki Kisen Kaisha. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Kawasaki Kisen Kaisha. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Scarlet Falcon

Segue imagens do navio graneleiro Scarlet Falcon, demandando o Porto de Santos em sua segunda escala em 23/12/2018 para atracar no armazém 19 operado pela Rumo.

Scarlet Falcon

Scarlet Falcon

Scarlet Falcon

Scarlet Falcon

Scarlet Falcon

Scarlet Falcon

Scarlet Falcon

Scarlet Falcon

Scarlet Falcon

Scarlet Falcon

Scarlet Falcon

Scarlet Falcon

Scarlet Falcon

Nome: Scarlet Falcon
IMO: 9609433
Indicativo: 3EUU4
Ano de Construção: 2014
Construtor: Oshima Shipbuilding Co., Ltd. – Saikai, NS - Japão
Armador: Wisdom Marine International Inc. – Taipé, Taiwan (Wisdom Marine Lines S.A. – Taipé, Taiwan e Kawasaki Kisen Kaisha, Ltd. (Kawasaki Kisen K.K.) (“K” Line) – Tóquio, Japão)
LOA: 228,99 m
Boca: 32,30 m
Calado: 14,49 m
Arqueação Bruta (GT): 43.715 t
Porte Bruto (DWT): 82.260 t
Capacidade: 98.259 m³ (Grão) ou 95.390 m³ (Fardo)
Porto de Registro: Panamá
Bandeira: Panamá Bandeira do Panamá


Fotos: Henrique Ferrinho

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Armadores mudam design de seus PCTC's

Hoje vamos falar da mudança nos designs dos principais armadores com frota de PCTC's.

O Pure Car and Truck Carrier (PCTC) são embarcações construídas especificamente para o transporte de diferentes tipos de carga rolante, como carros, caminhões, equipamentos pesados ​​de construção e outras cargas pesadas.

O primeiro armador que vamos falar é a "K" Line. Em fevereiro/2016, lançou o navio Drive Green Highway. Ele faz parte de uma encomenda de dois navios no estaleiro Japan Marine United Corp (JMU) em Nagasu/KM (Japão). O outro navio da classe é o Orion Highway entregue em março/2016.


Em busca da mais alta economia de energia e preservação ambiental, a “K” Line lançou a iniciativa Drive Green Project. Como carro-chefe da iniciativa, o Drive Green Highway, com capacidade para 7.573 veículos, foi construída com a Japan Marine United Corporation e inaugurada em fevereiro de 2016.

Veja o projeto Drive Green Project no canal da empresa no YouTube




Outro armador que também lançou um novo design, foi a MOL com a classe FLEXIE. O primeiro navio a receber este novo design, foi o Beluga Ace entregue em março/2018.


O Beluga Ace faz parte de uma encomenda de quatro navios da MOL ao estaleiro Minaminippon Shipbuilding Co., Ltd. em Oita/OT (Japão).

O segundo navio da classe é o Orca Ace, entregue em julho/2018. Os próximos navios a serem entregues são o Walrus Ace e o Dugong Ace com previsões de entrega para novembro e dezembro/2018 respectivamente.

Veja no canal oficial da MOL no YouTube, sobre a classe FLEXIE e todos seus designs anteriores.




E por fim quem também tá de cara nova, é a Wallenius Wilhelmsen. Em abril/2017, quando a Wallenius da Suécia e o da Wallenius da Noruega fundiram suas empresas de propriedade conjunta, criando também uma nova logomarca.

A antiga Wallenius Wilhelmsen Logistics (WWL) foi reestruturada e se dividiu em duas empresas: a empresa marítima Wallenius Wilhelmsen Ocean (WW Ocean) e a empresa de logística terrestre Wallenius Wilhelmsen Solutions (WW Solutions).


De acordo com a empresa, as linhas simbolizam os produtos transportados nas embarcações RoRo da empresa e seus serviços logísticos baseados em terra. O círculo representa os graus de navegação, o "O" do oceano, bem como a perspectiva do ciclo de vida. A espuma verde do mar simboliza o oceano, enquanto o cinza simboliza a terra.

O primeiro navio da frota a receber esta pintura foi o Salomé. Veja como ficou no vídeo no do canal da empresa no YouTube.




Na sua opinião qual destes armadores, ficou com o melhor design?

Deixe em nossos comentários e participe também com a gente em nosso canal no Telegram, clicando aqui.


Fotos:
Drive Green Highway: Kawasaki Kisen Kaisha
Beluga Ace: Mitsui O.S.K. Lines (MOL)
Wallwnius Wilhemsen: Wallenius Wilhelmsen ASA


Vídeos:
Drive Green Project: KlineMovie - YouTube
FLEXIE Series: 商船三井公式チャンネル / MOL Channel - YouTube
Salome: WW Ocean & WW Solutions - YouTube


Adaptação de texto: Henrique Ferrinho

domingo, 7 de maio de 2017

Ivory Arrow

Segue imagens do navio Pure Car and Truck Carrier (PCTC) Ivory Arrow, demandando Santos em 13/08/2016 para atracar no Terminal de Veículos (TEV) operado pela Santos Brasil.









Nome: Ivory Arrow
IMO: 9277838
Indicativo: C6TM4
Ano de Construção: 2004
Construtor: Stocznia Gdynia S.A. – Gdynia, Polônia
Armador: Stamco Ship Management Co. Ltd. – Pireu, Grécia (Ray Car Carriers Ltd. – Douglas, Ilha de Man)
Afretador: Kawasaki Kisen Kaisha, Ltd. (Kawasaki Kisen K.K.) (“K” Line) – Tóquio, Japão
LOA: 199,96 m
Boca: 32,25 m
Calado: 10 m
Arqueação Bruta (GT): 57.718 t
Porte Bruto (DWT): 21.300 t
Capacidade: 6.658 Veículos
Porto de Registro: Nassau
Bandeira: Bahamas Bandeira das Bahamas


Fotos: Henrique Ferrinho

terça-feira, 3 de maio de 2016

Henry Hudson Bridge

Segue imagens do navio porta-contêiner Henry Hudson Bridge, demandando Santos em sua primeira escala em 01/05/2016 para atracar no Tecon 3 operado pela Santos Brasil para 152 movimentos de embarque, 1.691 movimentos de desembarque e 46 remoções.

O navio quebra o recorde de maior navio em comprimento linear a escalar o Porto de Santos, superando o Prague Express de 335,94 m de LOA.














Nome: Henry Hudson Bridge
IMO: 9302176
Indicativo: 3ETK4
Ano de Construção: 2006
Construtor: IHI Marine United Inc. – Kure, HS - Japão
Armador: Fukujin Kisen KK (Fukujin Kisen Co., Ltd.) – Imabari, EH - Japão
Afretador: Kawasaki Kisen Kaisha, Ltd. (Kawasaki Kisen K.K.) (“K” Line) – Tóquio, Japão
LOA: 336 m
Boca: 45,80 m
Calado: 14,04 m
Arqueação Bruta (GT): 98.747 t
Porte Bruto (DWT): 98.849 t
Capacidade: 8.212 TEU
Tomadas Reefer: 800
Porto de Registro: Panamá
Bandeira: Panamá Bandeira do Panamá


Fotos: Henrique Ferrinho

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Notícias rápidas

Previsão de início das obras no Canal da Nicarágua


O início das obras de construção do Canal da Nicarágua foi confirmada para dezembro deste ano. O Grande Canal da Nicarágua ligará o litoral caribenho do país do Pacífico e através de um curso de água deverá ser de três vezes maior do que o Canal do Panamá.

A construção começará com um porto na costa do Pacífico da Nicarágua, na foz do Rio Brito. A concessionária responsável pelo projeto é a empresa chinesa HKND Group, com sede em Hong Kong.

A infra-estrutura inclui dois portos, um aeroporto, dois conjuntos de eclusas, um lago artificial, fábricas de cimento e aço, equipamentos turísticos, uma zona de livre comércio e estradas. O custo para a hidrovia de 286 quilômetros, foi estimada em cerca de US$ 40 bilhões e que deverá ser concluída em 2019.

O Canal da Nicarágua terá um projeto de 27 m de profundidade, largura de 83 m, o bloqueio de 466 m de comprimento. Ele será capaz de acomodar navios de até 400 mil toneladas.


Vale planeja cooperar no maior estaleiro de reparação naval da América do Sul


A Vale assinou um acordo para colaborar em um projeto que tem como objetivo construir o maior estaleiro de reparação naval da América do Sul. O projeto é conhecido como Brasil Basin Drydock Company (BBDC). Fundadores parceiros do projeto são a McQuilling e a Promon Engenharia.

A nova unidade será localizada em município do Lucena (PB), norte de Cabedelo, e será chamada Empresa de Docagens Pedra do Ingá (EDPI). De acordo com o gerente de projeto do BBDC, Celso P. Souza, o primeiro navio deve entrar nas instalações em cerca de três anos.

A Vale vai ajudar o progresso do projeto, através da implementação e consultoria em layout do estaleiro, equipamento e armamento. O diretor comercial de serviços da McQuilling, David Saginaw, comentou:

"A Vale destaca-se como uma entidade única para nós, bem estabelecida no Brasil, e com um alcance muito além das fronteiras do Brasil. A cooperação direta com a Vale reconhece a importância de sua perspectiva global no que diz respeito a reparar os requisitos de ambos os navios, tanto de propriedade, como de terceiros chamando nas instalações da Vale ".

O estaleiro será capaz de lidar com os gigantes navios Valemax (VLOCs). Ele contará com duas enormes docas secas e facilidade de hydrolift/transferência de um navio. O investimento na unidade foi estimada em US$ 700 milhões.

Um acordo semelhante para a cooperação já foi assinado com o Sindicato dos Armadores Brasileiros (Syndarma).

"Valorizamos muito a oportunidade que a cooperação com o Syndarma e a Vale, traz para este projeto," acrescentou Saginaw.


"K" Line encomenda navios com capacidade até 14.000 Teus


A Kawasaki Kisen Kaisha ("K" Line) anunciou uma nova encomenda de cinco navios de até 14.000 Teus . Os novos porta-contêineres serão construídos pelo estaleiro Imabari Shipbuilding Co Ltd em Miharan HS (Japão) com 365,90 m de comprimento, 51,20 m de boca e 14 m de calado. O preço dos navios porta-contêineres não foram anunciados.

O conglomerado japonês fez o pedido, seguindo a tendência do setor - com navios de maior porte para a competitividade de custos. A empresa também acredita que os novos navios irá melhorar a eficiência de seus negócios.

Os novos navios deverão ser entregues entre a primavera e o verão de 2018. Eles serão idênticos aos cinco navios irmãos encomendados anteriormente. O primeiro quinteto deverá ser entregue entre primavera para o verão do próximo ano. Estima-se que a empresa com sede em Tóquio irá investir mais de 942 milhões dólares em seus dez novos navios.

Confira abaixo a encomenda dos navios feita pela "K" Line ainda sem nomes definidos:


IMO
NOME
CONSTRUÇÃO
GROSS
DWT
TIPO
9689603
IMABARI HIROSHIMA 2535
2015
155,000
145,500
Porta-container
9689615
IMABARI HIROSHIMA 2536
2015
155,000
145,500
Porta-container
9706736
IMABARI HIROSHIMA 2531
2015
155,000
145,500
Porta-container
9706748
IMABARI HIROSHIMA 2532
2015
155,000
145,500
Porta-container
9706750
IMABARI HIROSHIMA 2533
2015
155,000
145,500
Porta-container
9757187
IMABARI HIROSHIMA
2018
155,000
145,500
Porta-container
9757204
IMABARI HIROSHIMA
2018
155,000
145,500
Porta-container
9757216
IMABARI HIROSHIMA
2018
155,000
145,500
Porta-container
9757228
IMABARI HIROSHIMA
2018
155,000
145,500
Porta-container
9757230
IMABARI HIROSHIMA
2018
155,000
145,500
Porta-container

Os novos navios irão aumentar a capacidade de transporte da "K" Line em um pouco mais de 10% e a frota de contêineres terá um pouco mais de 70 navios.


Foto: HKND Group - Reprodução
Fonte: VesselFinder
Adaptação de texto: Henrique Ferrinho

domingo, 19 de janeiro de 2014

Pegasus Highway

Segue imagens do navio Pure Car and Truck Carrier (PCTC) Pegasus Highway, suspendendo do Porto de Santos em 19/12/2013, após atracar no Cais Saboó 1 operado pela Deicmar.

Procedente do Porto do Rio de Janeiro/RJ, atracou em 18/12/2013 por volta das 17h e posteriormente seguiu com destino ao Porto de La Plata (Argentina).

Pegasus Highway

Pegasus Highway

Pegasus Highway

Pegasus Highway

Pegasus Highway

Pegasus Highway

Pegasus Highway

Pegasus Highway

Pegasus Highway

Pegasus Highway

Nome: Pegasus Highway
IMO: 9078830
Indicativo: 3FMA4
Ano de Construção: 1994
Construtor: Oshima Shipbuilding Co., Ltd. – Saikai, NS – Japão
Armador: Fukunaga Kaiun K.K. (Fukunaga Kaiun Co., Ltd.) – Saiki, Japão
Afretador: Kawasaki Kisen Kaisha, Ltd. (Kawasaki Kisen K.K.) (“K” Line) – Tóquio, Japão
LOA: 179,99 m
Boca: 32,24 m
Calado: 9,47 m
Arqueação Bruta (GT): 49.012 t
Porte Bruto (DWT): 15.553 t
Capacidade: 5.008 Veículos
Porto de Registro: Panamá Bandeira do Panamá


Fotos: Henrique Ferrinho